SISTEMA DE MONITORAMENTO REMOTO PARA ESTAÇÕES DE RECARGA DE VEÍCULOS ELÉTRICOS

Autores

  • Carlos Henrique Zanelato Pantaleão Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE https://orcid.org/0000-0002-9620-1223
  • Dihordy Ross Lauschner Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Resumo

Num cenário onde há um número significante de estações de recarga, garantir a viabilidade de acesso e estabilidade de funcionamento visando dispor o ao usuário efetividade no uso da autonomia da mobilidade elétrica, pode se tornar uma tarefa dispendiosa.   À vista disso, este trabalho apresenta o desenvolvimento de um sistema para auxiliar nessa demanda, que utiliza um microcontrolador para coletar via protocolo de comunicação Modbus, informações e características elétricas da tomada do eletroposto. Além disso, com o emprego do protocolo de comunicação MQTT, esses dados serão disponibilizados de forma que possam ser apresentados na plataforma de visualização de dados Emoncms. O sistema abrange apenas componentes que possuem interface de comunicação Modbus, além de considerar que sempre haverá conexão Wi-Fi disponível e ao alcance do microcontrolador e do equipamento servidor. Nos testes realizados, o dashboard desenvolvido para visualização dos dados obtidos mostrou-se adequado, informando a disponibilidade do eletroposto, a ampacidade do último cabo conectado para recarga, a corrente elétrica programada, tempos de recarga total e parcial, um indicativo de possível defeito e gráficos em função do tempo de diversas grandezas elétricas. Esse trabalho contribui para a confiabilidade dos sistemas de recarga, colaborando para manutenções corretivas ou preventivas, além de proporcionar ao usuário da mobilidade elétrica informações relativas ao estado de operação e disponibilidade do eletroposto que possui o sistema instalado. A partir dos resultados do sistema proposto nesse trabalho foi possível proporcionar mais do que uma ferramenta de suporte e supervisão, mas também um novo segmento de atuação, visto que a instalação e o aprimoramento desse sistema implicam no envolvimento de diversos profissionais da área tecnológica.

Biografia do Autor

Carlos Henrique Zanelato Pantaleão, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT (1996), mestrado em Engenharia Elétrica com ênfase em Processamento da Informação pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (1999), doutorado em Engenharia Elétrica com ênfase em Engenharia Biomédica pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2003) e Especialização Lato Sensu em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2002).  Atualmente trabalha como professor Associado nível B pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE - Campus de Foz do Iguaçu no curso de Engenharia Elétrica. É responsável pelo Laboratório de Sistemas Digitais - LSD e tem experiência na área de Engenharia Elétrica e Engenharia Biomédica, atuando principalmente nos seguintes temas: desenvolvimento de Sistemas Microcontrolados, Engenharia Clínica, Análise Multicritério de Apoio a Decisão - MCDA, Engenharia de Segurança do Trabalho e Programa de Controle da Manutenção. Atuou também como Conselheiro Titular do CREA-Pr na Câmara Especializada de Engenharia Elétrica de 2013 a 2018 como representante da Universidade Estadual do Oeste do Paraná.

Dihordy Ross Lauschner, Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Graduando do Curso de Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE, Centro de Engenharias e Ciências Exatas - CECE.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 61851-1: Sistemas de Recarga Condutiva para Veículos Elétricos: Requisitos Gerais. Rio de Janeiro, p. 47. 2013.

BARAN, Renato; LEGEY, Luiz Fernando Loureiro. Veículos Elétricos: História e Perspectivas no Brasil. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n.33, p. 207-224, mar. 2011. Disponível em: <http://web.bndes.gov.br/bib/jspui/handle/1408/1489>. Acesso em: 27 set. 2019.

ESPRESSIF SYSTEMS. Datasheet: ESP32 Series. 2019. Disponível em: <https://www.espressif.com/sites/default/files/documentation/ESP32_datasheet_en.pdf>. Acesso em: 30 set. 2019.

HIVEMQ. HiveMQ User Guide. 2015. Disponível em: <https://www.hivemq.com/docs/4/hivemq/introduction.html>. Acesso em: 29 set. 2019.

IBM; EUROTECH. MQTT V3.1 Protocol Specification. 2010. Disponível em: <https://public.dhe.ibm.com/software/dw/webservices/ws-mqtt/mqtt-v3r1.html#fixedheader>. Acesso em: 30 maio 2019.

IEA. Global EV Outlook 2016: Beyond One Million Electric Cars. 2016. Disponível em: <https://www.iea.org/publications/freepublications/publication/Global_EV_Outlook_2016.pdf>. Acesso em: 27 set. 2019.

KOBAYASHI, Tiago Hiroshi. Uma Ferramenta de Manipulação de Pacotes para Análise de Protocolos de Redes Industriais Baseados em TCP/IP. 2009. 38 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Elétrica e de Computação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009. Disponível em: <http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/bitstream/123456789/15292/1/TiagoHK.pdf>. Acesso em: 12 maio 2019.

LOVATO ELECTRIC. Datasheet: DMG Series, Digital Multimeters Analyzers. 2018. Disponível em: < https://www.lovatoelectric.com/DMG210/DMG210/snp>. Acesso em: 08 nov. 2019.

MELO, Rodrigo Cassiano da Silva. Sistema de Monitoramento de Consumo de Água Utilizando o Protocolo de Comunicação MQTT. 2018. 79 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Elétrica, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2018. Disponível em: <http://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/21883/1/SistemaMonitoramentoConsumo.p df>. Acesso em: 09 maio 2019.

MODBUS. Modbus Application Protocol Specification. 2012. Disponível em: <http://www.modbus.org/docs/Modbus_Application_Protocol_V1_1b3.pdf>. Acesso em: 08 nov. 2019.

MODICON. Modbus Protocol Reference Guide. 1996. Disponível em: <http://modbus.org/docs/PI_MBUS_300.pdf>. Acesso em: 08 nov. 2019.

OASIS OPEN. MQTT Version 5.0: OASIS Standard. 2014. Disponível em: <http://docs.oasis-open.org/mqtt/mqtt/v5.0/os/mqtt-v5.0-os.pdf>. Acesso em: 29 set. 2019.

Downloads

Publicado

29.01.2021

Edição

Seção

Artigos Científicos